COMUNICADO

Em virtude do agravam">

ENFIT-Sul

4 a 6 de Maio de 2022

COMUNICADO

Em virtude do agravamento da situação da pandemia da COVID-19 no Brasil e do lento avanço no processo de vacinação da população, a comissão organizadora comunica o adiamento do I Encontro Sul-Brasileiro de Fitossanidade/III Workshop Estadual sobre Manejo Fitossanitário (ENFIT-Sul), evento que aconteceria nos dias 5, 6 e 7 de maio de 2021 na Sede AARA-CooperAlfa, em Chapecó, SC. A nova data estabelecida é 4, 5 e 6 de maio de 2022, no formato originalmente previsto (presencial). 

Salientamos, ainda, que todas as inscrições pagas continuarão válidas e todos os trabalhos científicos, recebidos e já aprovados pela comissão científica, serão publicados, ainda neste semestre, no site do evento no formato ahead of print (publicação avançada). Além disso, será oportunizado o envio, sem custos adicionais, de um novo resumo expandido para cada participante inscrito a ser apresentado nos dias do evento e publicado em seus anais. Ao longo do ano de 2021, eventos preparatórios, no formato on-line, serão realizados de modo a discutir assuntos atuais relacionados à Fitossanidade com renomados palestrantes nacionais e internacionais e, todavia, os participantes inscritos terão participação gratuita.  

Comunicamos, ainda, que um novo prazo para submissão de novos trabalhos científicos e de novas inscrições será estabelecido em breve pela comissão organizadora. Mais informações poderão ser obtidas na página do evento (www.uceff.edu.br/enfitsul), redes sociais ou contato com a comissão organizadora.

Dado nosso compromisso com a saúde coletiva, seguiremos atentos às atualizações sobre a evolução da pandemia, privando pela responsabilidade e bom senso. A medida visa garantir a saúde e segurança dos participantes, seguindo as orientações dos órgãos oficiais de saúde.

 

Ciente da compreensão de todos, agradecemos antecipadamente!

Comissão Organizadora do ENFIT-Sul


O desenvolvimento de estratégias sustentáveis de manejo fitossanitário passíveis de serem incorporadas em sistemas de produção de alimentos constitui um dos desafios atuais da comunidade científica brasileira, responsável pela geração e validação de tecnologias capazes de impulsionar mudanças nos sistemas produtivos de modo a criar condições para a adequação às novas tendências do mercado. Nesse cenário, a combinação da biotecnologia e agricultura digital com as ferramentas tradicionais de inovação para a agricultura tem sido o caminho para a descoberta e a incorporação de soluções viabilizadoras de uma agricultura moderna e sustentável. 

Diante desse contexto, o objetivo principal do “I Encontro Sul-Brasileiro de Fitossanidade/III Workshop Estadual sobre Manejo Fitossanitário: perspectivas e desafios da Fitossanidade na era da Agricultura Digital” é contribuir para a difusão, atualização do conhecimento e fortalecimento da diversidade científica na região sul do Brasil no campo das Ciências Agrárias/Fitossanidade, bem como promover o intercâmbio científico entre as universidades, centros de pesquisa, cooperativas, agências de extensão rural e profissionais liberais do setor agrícola. Com esse evento, espera-se viabilizar um diálogo crítico sobre o panorama atual, os cenários e as tendências do manejo fitossanitário dos principais cultivos agrícolas de importância econômica para a região, a fim de cooperar na construção de novas perspectivas para o setor agrícola. Os espaços de debate e de troca de experiências e a expertise dos palestrantes convidados propiciarão uma nova visão dos agroecossistemas, das tecnologias atualmente disponíveis e das estratégias integradas de utilização das mesmas.

​Contamos com a sua participação!!!


Comissão organizadora

Nome Função Instituição
Dr. Leandro do Prado Ribeiro Presidente Epagri/Cepaf
Prof. Dr. Marco Aurélio Tramontin Vice-presidente UFFS
Prof. Dr. Fábio José Busnello 1º Secretário UNOCHAPECÓ
Prof. Dr. Otávio Ajala Fiorentin 2º Secretário UNOESC
Profa. Dra. Magdalena Lajús Travi Tesoureiro UCEFF
Eng.-Agr. Günther Halmann Vice-tesoureiro CIDASC
Dr. João Américo Wordell Filho Coordenador da comissão de captação de recursos Epagri/Cepaf
Eng.-Agr. Claudiney Francisco Turmina Vice-coordenador da comissão de captação de recursos CooperAlfa
Dr. Rodolfo Vargas Castilhos Coordenador da comissão científica Epagri/Cepaf
Dra. Maria Cristina Canale Vice-coordenadora da comissão científica Epagri/Cepaf
Prof. Dr. Siumar Pedro Tironi Coordenador da comissão de infra-estrutura UFFS
M.Sc. Gilberto Luiz Curti Coordenador da comissão de divulgação Epagri/CEPA
Dr. Alberto Höfs Coordenador da comissão de apoio institucional Epagri/Cepaf

Comissão científica (avaliação de trabalhos)

Nome Avaliação Instituição
Prof. Dr. Alex Sandro Poltronieri Entomologia UFSC
Prof. Dr. Cláudio Roberto Franco Entomologia UDESC
Profa. Dra. Márcia Aparecida Smaniotto Entomologia IFRS
Profa. Dra. Cristiane Nardi Entomologia UNICENTRO
Profa. Dra. Juliana Cristina dos Santos Entomologia IFSC
Prof. Dr. Odimar Zanuzo Zanardi Entomologia IFSC
Prof. Dr. Leandro Galon Plantas Daninhas UFFS
Prof. Dr. Diecson Ruy Orsolin da Silva Plantas Daninhas UFSM
Prof. Dr. Anderson Luis Nunes Plantas Daninhas IFRS
Prof. Dr. Michelangelo Muzzel Trezzi Plantas Daninhas UTFPR
Prof. Dr. Pedro Valério Dutra de Moraes Plantas Daninhas UTFPR
Prof. Dr. Marciel João Stadnik Fitopatologia UFSC
Prof. Dr. Ricardo Trezzi Casa Fitopatologia UDESC
Profa. Dra. Fabiana Raquel Mühl Fitopatologia UCEFF
Prof. Dr. Mateus Brusco de Freitas Fitopatologia UFSC
Profa. Dra. Paola Mendes Milanesi Fitopatologia UFFS
Prof. Dr. Gismael Francisco Perin Tecnologia de Aplicação UFFS
Dr. Cristiano Nunes Nesi Estatística/Epidemiologia EPAGRI

 


Locais:

AARA- ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA RECREATIVA ALFA (COOPERALFA)

EPAGRI- CENTRO DE PESQUISA PARA AGRICULTURA FAMILIAR (EPAGRI/CEPAF)


Nota:

As submissões de resumos expandidos são online. Para efetuar sua submissão é preciso estar inscrito no evento e com a taxa de inscrição paga. O pagamento deve ser
feito conforme prazos estabelecidos pela comissão organizadora do evento para que o trabalho seja avaliado e publicado. Cada inscrição dará direito ao envio de apenas um
trabalho por inscrição.
Após o cadastro o autor deve acessar a Área do usuário, localizar a opção “Resumo expandido” e preencher o formulário eletrônico. Os trabalhos deverão ser
enviados em português, inglês ou espanhol, e ser apresentados conforme as orientações publicadas pela comissão organizadora (exclusivamente na forma de
pôster). Todos os trabalhos aceitos pela comissão de avaliação de trabalhos científicos serão publicados nos Anais do Evento, na forma de RESUMO EXPANDIDO. O Resumo
Expandido deverá ser formatado conforme normas contidas no modelo disponibilizado. O prazo para envio do resumo é de 28/03/2022.

Palestrantes
Foto Palestrante

André Peralta

Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Viçosa (1990), com Mestrado em Defesa Sanitária Vegetal pela mesma Universidade, em 2013. É Auditor Fiscal Federal Agropecuário do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) desde 2004 sendo, atualmente, o Coordenador-geral de Agrotóxicos e Afins. Foi produtor rural, fiscal agropecuário do estado do Rio de Janeiro e possui experiência na área de agronomia, com ênfase em Fitossanidade, atuando principalmente nos seguintes temas: proteção de plantas, prevenção e controle de pragas, análise de risco de pragas, fiscalização de sementes e mudas, registro nacional de cultivares, registro de agrotóxicos, registro de fertilizantes, corretivos e inoculastes.

Foto Palestrante

Pierre Jean Silvie

Possui graduação em Biologia pela Universite de Paris XI (Paris-Sud) (1980), mestrado em Entomologia pela Universite de Paris XI (Paris-Sud) (1981) e doutorado em Entomologia Agrícola pela Université de Paris XI (Paris-Sud) (1983). Atualmente, é pesquisador do Centre de Coopération Internationale En Recherche Agronomique Pour Le Développement (IRD UMR IPME CIRAD, Montpelier, França). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Entomologia Agrícola, atuando principalmente nos seguintes temas: controle de pragas do algodão, proteção de culturas, plantas transgênicas e entomopatógenos.

Foto Palestrante

Cláudia Vieira Godoy

Engenheira-agrônoma (1992), mestre em Fitopatologia (1995) e doutora em Fitopatologia (2000) pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/Universidade de São Paulo (ESALQ/USP). Trabalhou como pesquisadora em desenvolvimento de produtos (fungicidas, inseticidas e herbicidas) na Empresa Zeneca/Syngenta de 1999 a 2002. De 2012 a 2013 foi pesquisadora visitante no National Soybean Research Center - Universidade de Illinois, em Urbana-Champaign, Estados Unidos. É pesquisadora da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Soja) onde atua na área de Fitopatologia com ênfase em epidemiologia e controle de doenças de soja.

Foto Palestrante

Osmar Malaspina

Possui graduação em Ciências Biológicas pela USC - Bauru (1971), mestrado (1979) e doutorado (1982) em Ciências Biológicas (Zoologia) pelo Instituto de Biociências de Rio Claro, Universidade Estadual Paulista (UNESP). Atualmente é professor livre docente do Departamento de Biologia e pesquisador do Centro de Estudos de Insetos Sociais do IB - UNESP, Rio Claro. Atua nas áreas de Zoologia, com ênfase em Zoologia Aplicada e em Biologia Celular, pesquisando principalmente nos seguintes temas: insetos sociais: biologia, comportamento, controle, toxicidade, interação abelha-planta, conservação de polinizadores e produtos apícolas.

Foto Palestrante

Rone Batista de Oliveira

Técnico em Agropecuária pela Escola Agrotécnica Federal de Colatina (1997), Graduação em Engenharia Agronômica (2005) e Mestrado em Produção Vegetal pela UFES (2007) e Doutorado pela Universidade Estadual de São Paulo - UNESP, Botucatu (2011). Realizou o Doutorado Sandwich pela Ohio State University (OSU) e United States Department of Agriculture (USDA) nos Estados Unidos na área de Tecnologia de Aplicação de defensivos e Agricultura de Precisão. Atualmente é professor Adjunto D da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP, Bandeirantes/PR). Além disso, é coordenador do Programa de Iniciação Científica e Tecnológica e do Laboratório de Tecnologia de Aplicação e Agricultura de Precisão, consultor de Revistas Técnicas e Científicas e de Fundações de pesquisa, orientador de Iniciação Científica, Tecnológica e Mestrado em Agronomia. Tem experiência na área de Agronomia, com pesquisa e extensão em Tecnologia de Aplicação (Análises de qualidade e perdas, Deriva, Adjuvantes Agrícolas e Misturas em tanque), Agri cultura de Precisão (Desenvolvimento de sensores) e Estatística (Básica, Experimental e Multivariada).

Foto Palestrante

Pierce A. Paul

Diploma em Agriculture Science pela Guyana School of Agriculture (Guyana), bacharel em Agronomia pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), mestre em Fitopatologia pela UFV e Ph.D. em Fitopatologia pela Iowa State University, Estados Unidos. Atualmente é professor e pesquisador do College of Food, Agricultural, and Environmental Sciences, Ohio State University (Columbus, Ohio, Estados Unidos). Atua em epidemiologia e manejo integrado de doenças de plantas, com ênfase no entendimento da biologia e ecologia de patógenos e no uso dessas informações para desenvolver ferramentas de monitoramento de doenças para aplicação prática. Sua linha de pesquisa utiliza da estatística e de modelos matemáticos para descrever a dinâmica de doenças de plantas no campo e o uso desses modelos para tomada de decisões com base na avaliação de riscos e previsão de doenças. Além disso, utiliza modelos estatísticos e computacionais para descrever os efeitos e antecipar possíveis consequências dessas mudanças no desenvolvimento de doenças e no rendimento das culturas.

Foto Palestrante

Aldo Merotto Jr.

Possui graduação em Agronomia pela Universidade do Estado de Santa Catarina (1991), mestrado em Fitotecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS (1995) e doutorado em Ecologia pela Universidade da Califórnia, Davis, Estados Unidos (2007). Atualmente é professor adjunto no Departamento de Plantas de Lavoura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Matologia, atuando principalmente nos seguintes temas: manejo integrado de plantas daninhas, mecanismo de ação de herbicidas, competição interespecífica e dinâmica populacional de plantas daninhas e cultivadas resistentes a herbicidas.

Foto Palestrante

Fernando Storniolo Adegas

Possui graduação em Engenharia Agronômica (1983), com mestrado em Fitotecnia pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"/Universidade de São Paulo (ESALQ/USP) (1994) e doutorado em Agronomia pela Universidade Estadual de Londrina (2005), ambos na área de concentração em Matologia. Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Soja), atuando na área de Manejo de Plantas Daninhas e Tecnologia de Aplicação de Pesticidas.

Foto Palestrante

Charles Martins de Oliveira

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Lavras (1993), mestrado em Entomologia pela Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”/Universidade de São Paulo (1996) e doutorado em Entomologia pela mesma instituição (2000). Atualmente é pesquisador da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária - Embrapa Cerrados (Planaltina/DF). Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Entomologia, atuando principalmente nos seguintes temas: Pragas, Insetos de Solo (Pragas de Solo), Scarabaeoidea e Biodiversidade de Insetos do Cerrado.

Foto Palestrante

Fabiane Pinto Lamego

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Pelotas (2002), mestrado em Fitotecnia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004) e doutorado em Fitotecnia pela mesma instituição (2008), com doutorado sanduíche na University of Arkansas, Estados Unidos, no período de Mar/2007 a Fev/2008. Foi Professora Adjunta da Universidade Federal de Santa Maria - UFSM, Campus de Frederico Westphalen, RS (2009 a 2013) e do Departamento de Fitossanidade da Universidade Federal de Pelotas - UFPel (2013 a 2014). Atualmente é Pesquisadora da Embrapa Pecuária Sul, desenvolvendo estudos voltados ao manejo de plantas daninhas em pastagens. É Professora Permanente do Programa de Pós-graduação em Fitossanidade (PPGFs) da Universidade Federal de Pelotas.

Foto Palestrante

Lúcio André de Castro Jorge

Graduação em Engenharia Elétrica - Eletrônica e Eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia de Barretos (1987); Mestrado em Matemática Computacional e Ciência da Computação pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da Universidade de São Paulo, ICMC-USP (2001); Doutorado em Processamento de Sinais e Instrumentação pela Escola de Engenharia da Universidade de São Paulo, SEL-EESC-USP (2011); Especialização lato sensu em Processamento de imagens pela Universidade de Campinas - UNICAMP (1990); Especialização lato sensu em Geoprocessamento pela Universidade Federal de São Carlos, UFSCar (2005); Pesquisador na Embrapa Instrumentação desde 1990; Professor na Universidade Mayor do Chile desde 2012. Tem experiência no desenvolvimento de softwares de processamento de imagens, reconhecimento de padrões e inteligência artificial, Computação Gráfica e sistemas georeferenciados. Experiência em diversos projetos aplicados na agricultura, agricultura de precisão, geoprocessamento, monitoramento agrícola, sensoriamento remoto, estudo de raízes, folhas, doenças e deficiências de plantas, desenvolvimento de VANT (veículo aéreo não tripulado) ou drones para uso agrícola. Possui patentes e produtos transferidos.

Foto Palestrante

Oderlei Bernardi

Oderlei Bernardi é Engenheiro-agrônomo graduado pela Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (FAEM), Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Possui Mestrado em Fitossanidade - Entomologia (PPG em Fitossanidade na FAEM/UFPel). Doutorado e Pós- Doutorado em Entomologia (PPG em Entomologia) pela Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (ESALQ/USP). Atualmente é Professor Adjunto C, Nível 2, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em Santa Maria, RS. Está credenciado junto ao Programa de Pós-Graduação em Agronomia (PPGA/UFSM), no qual atua como orientador de mestrado e doutorado. Além disso, participa da orientação de estudantes de graduação e pós-graduação na área de Manejo Integrado de Pragas, com ênfase em Resistência de Artrópodes a Táticas de Controle. Tem desenvolvido trabalhos de pesquisa para subsidiar a implementação de programas de manejo da resistência de insetos a inseticidas e plantas Bt nas culturas da soja, milho e algodão. Também é consultor técnico do Comitê Brasileiro de Ação à Resistência a Inseticidas (IRAC-BR).

Foto Palestrante

Wanderson Bucker Moraes

Possui curso Técnico em Agropecuária pela Escola Agrotécnica Federal de Alegre (EAFA- ES) em 2006 e graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal do Espírito Santo (CCA/UFES) em 2011. Concluiu o curso de mestrado em Fitopatologia pela Universidade Federal de Viçosa em 2014 e o Ph.D. pela Ohio State University em 2021, trabalhando com estimativas e quantificação dos efeitos das condições ambientais no desenvolvimento da giberela na cultura do trigo. Atualmente é pós-doutorando no Departament of Plant Pathology da Ohio State University, estudando a influência dos fatores climáticos no desenvolvimento de doenças na cultura do trigo.

Foto Palestrante

Abimael Cereda Junior

Geógrafo [UNESP Rio Claro (2003)], Mestre e Doutor em Engenharia Urbana [UFSCar (2006,2011)], especialista em Geoprocessamento [UFSCar (2005)], com ênfase em métodos e técnicas para análise espacial de dados geográficos, com experiência de pesquisa, docente em cursos de graduação e pós-graduação latu sensu, curta duração e palestras, bem como atuação em empresas privadas e consultoria em áreas especializadas, como consultoria, modelagem de dados e educação. Com mais de 20 anos de experiência em consultoria e assessoria no setor privado e público, tem por objetivo alavancar resultados de negócio na Transformação Digital Territorial por meio da Inteligência Geográfica. Tem no seu portfólio vários cases em empresas, usinas, Institutos de Ciência e Tecnologia e Instituições de Ensino, além de Centros de Pesquisa, Prefeituras e Universidades. Disseminação de Tecnologias e Geografia em seu estado- da-arte, desenvolvendo habilidades e competências de negócio por meio de capacitação e formação em Agricultura Digital, Cidades Inteligentes e Ensino, são os pilares de trabalho.

Cronograma

Inscrições e credenciamento dos participantes

4/5/2022 - 8h

Palestra 1: The challenges of invasive pest management in the context of global changes [palestra a ser proferida em português]

4/5/2022 - 8h30min

Palestrante: Ph.D. Pierre Jean Silvie [Centre de Coopération Internationale En Recherche Agronomique Pour Le Développent (IRD UMR IPME CIRAD, Montpellier, França)]

Sessão 1: Inovações e atualidades em Fitossanidade

4/5/2022 - 8h30min

Espaço empresa/patrocinador

4/5/2022 - 9h30min

Coffee break

4/5/2022 - 10h

Palestra 2: Implicações das novas regulamentações para registro de agrotóxicos e recomendação de mistura em tanque

4/5/2022 - 10h30min

Palestrante: Eng.-Agr., M.Sc. André Peralta [Coordenador-geral de Agrotóxicos e Afins, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília, DF, Brasil)]

Palestra 3: Mistura em tanque de agrotóxicos: interações e (in)compatibilidades

4/5/2022 - 11h15min

Palestrante: Prof. Dr. Rone Batista de Oliveira [Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP, Bandeirantes, PR, Brasil)]

Debate

4/5/2022 - 12h

Almoço e visitação à sessão pôsteres

4/5/2022 - 12h15min

Sessão 2: Manejo integrado de pragas e tecnologia de aplicação

4/5/2022 - 13h30min

Palestra 1: Interações abelhas-agricultura: impacto das práticas agrícolas e estratégias de mitigação

4/5/2022 - 13h30min

Palestrante: Dr. Osmar Malaspina [Centro de Estudos de Insetos Sociais, Universidade Estadual Paulista (UNESP, Rio Claro, SP, Brasil)]

Espaço empresa/patrocinador

4/5/2022 - 14h30min

Coffee break

4/5/2022 - 15h15min

Palestra 2: O panorama da resistência de pragas a inseticidas e plantas Bt em milho e soja no Brasil

4/5/2022 - 15h30min

Palestrante: Prof. Dr. Oderlei Bernardi [Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, Santa Maria, RS, Brasil)]

Palestra 3: Drones e sensores para monitoramento de pragas e aplicação de agroquímicos ou liberação de agentes biológicos

4/5/2022 - 16h30min

Palestrante: Dr. Lúcio André de Castro Jorge [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA instrumentação, São Carlos, SP, Brasil)]

Debate

4/5/2022 - 17h30min

Apresentação de pôsteres e avaliação

4/5/2022 - 17h45min

Abertura oficial

4/5/2022 - 19h

Palestra de abertura: A transformação digital do agronegócio

4/5/2022 - 19h30min

Palestrante: Prof. Dr. Abimael Cereda Junior [Georesults Ltda. (São Carlos, SP, Brasil), geógrafo, jornalista, professor e consultor da Geografia das Coisas]

Confraternização

4/5/2022 - 20h30min

Palestra 1: Management advances of Fusarium Head Blight in wheat [palestra a ser proferida em Português]

5/5/2022 - 8h30min

Palestrante: Ph.D. Wanderson Bucker Moraes [College of Food, Agricultural, and Environmental Sciences, Ohio State University (Columbus, Ohio, Estados Unidos)]

Sessão 3: Manejo de doenças

5/5/2022 - 8h30min

Espaço empresa/patrocinador

5/5/2022 - 9h30min

Coffee break

5/5/2022 - 10h15min

Palestra 2: Ferrugem-asiática da soja no sul do Brasil: estratégias de manejo e resistência aos fungicidas

5/5/2022 - 10h30min

Palestrante: Dra. Cláudia Vieira Godoy [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA Soja, Londrina, PR, Brasil)]

Palestra 3: Complexo de enfezamento em milho: panorama e estratégias de manejo

5/5/2022 - 11h15min

Palestrante: Dr. Charles Martins de Oliveira [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA Cerrados, Planaltina, DF, Brasil)]

Debate

5/5/2022 - 12h

Almoço e visitação à sessão pôsteres

5/5/2022 - 12h15min

Palestra 1: Novos traits de tolerância a herbicidas em soja: implicações e manejo

5/5/2022 - 13h30min

Palestrante: Dr. Fernando Storniolo Adegas [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMPBRAPA Soja, Londrina, PR, Brasil)]

Sessão 4: Manejo de plantas daninhas

5/5/2022 - 13h30min

Espaço empresa/patrocinador

5/5/2022 - 14h30min

Coffee break

5/5/2022 - 15h15min

Palestra 2: Associação de herbicidas pré e pós-emergentes no manejo de plantas daninhas resistentes

5/5/2022 - 15h30min

Palestrante: Ph.D. Aldo Merotto Jr. [Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS, Porto Alegre, Rs, Brasil)]

Palestra 3: Manejo de plantas daninhas em pastagens

5/5/2022 - 16h30min

Palestrante: Dra. Fabiane Pinto Lamego [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA Pecuária Sul, Bagé, RS, Brasil)]

Debate

5/5/2022 - 17h30min

Premiação dos melhores trabalhos científicos

5/5/2022 - 18h

Demonstração de ferramentas digitais e tecnologias inovadoras (a confirmar)

6/5/2022 - 8h30min

-Sensores e drones no mapeamento da varibilidade espacial de estresses bióticos e abióticos;

-Drones para aplicação de agrotóxicos e liberação de inimigos naturais;

-Capina elétrica;

-Pulvetizadores eletrostáticos (costal e tratorizado).

Avaliação e encerramento do evento

6/5/2022 - 11h30min

Expediente
Edição Atual
FICHA CATALOGRÁFICA E NORMAS DE PUBLICAÇÃO ARQUIVO
FICHA CATALOGRÁFICA Indisponível
NORMAS DE PUBLICAÇÃO Indisponível

ID TÍTULO DO ARTIGO TIPO ARQUIVO
1 AVALIAÇÃO DE ATRATIVIDADE DO FEROMÔNIO SEXUAL SINTÉTICO DE COLLARIA SCENICA EM LABORATÓRIO ENTOMOLOGIA Baixar
2 AVALIAÇÃO MORFOMÉTRICA DAS GLÂNDULAS HIPOFARÍNGEAS DE ABELHAS NUTRIZES (APIS MELLIFERA L.) EXPOSTAS A HERBICIDA A BASE DE GLIFOSATO, EM CONDIÇÕES DE CAMPO ENTOMOLOGIA Baixar
3 AVALIAÇÃO POPULACIONAL DE COLLARIA SCENICA (HEMIPTERA: MIRIDAE) EM AZEVÉM (LOLIUM MULTIFLORUM) ENTOMOLOGIA Baixar
4 COMPATIBILIDADE DE NEMATOIDES ENTOMOPATOGÊNICOS COM DIFERENTES INSETICIDAS ENTOMOLOGIA Baixar
5 COMPORTAMENTO SEXUAL DE COLLARIA SCENICA (HEMIPTERA: MIRIDAE) ENTOMOLOGIA Baixar
6 COMPORTAMENTO SEXUAL DE MICROTECHNITES BRACTATUS (HEMIPTERA: MIRIDAE) ENTOMOLOGIA Baixar
7 DEOIS FLEXUOSA (HEMIPTERA: CERCOPIDAE) IN PERENNIAL FORAGE SPECIES (POACEAE): QUANTITATIVE IMPACTS AND TOLERANCE EXPRESSION ENTOMOLOGIA Baixar
8 EFEITO DE BIOINSETICIDAS FORMULADOS A PARTIR DE FUNGOS ENTOMOPATOGÊNICOS SOBRE PLEBEIA DRORYANA (HYMENOPTERA: APIDAE) EM LABORATÓRIO ENTOMOLOGIA Baixar
9 EFEITO DE DESALOJANTES, FAGOESTIMULANTES E SUBSTÂNCIAS ARRESTANTES ASSOCIADAS A INSETICIDA NO MANEJO DE DICHELOPS MELACANTHUS NA PÓS-EMERGÊNCIA DO MILHO ENTOMOLOGIA Baixar
10 EFEITOS DA CROTALARIA SP. CULTIVADA EM CONSÓRCIO OU MANTIDA EM COBERTURA SOBRE A POPULAÇÃO DOS PRINCIPAIS INSETOS-PRAGA NA CULTURA DO MILHO (ZEA MAYS) ENTOMOLOGIA Baixar
11 EFEITOS DE HERBICIDA A BASE DE GLIFOSATO NA QUALIDADE DE COLMEIAS DE APIS MELLIFERA (HYMENOPTERA: APIDAE) EM CONDIÇÕES DE CAMPO ENTOMOLOGIA Baixar
12 EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS NO CONTROLE DE EUSCHISTUS HEROS ( HEMIPTERA - PENTANOMIDAE) ENTOMOLOGIA Baixar
13 FIELD EVALUATION OF MAIZE RESISTANCE OF TOLERANCE TYPE TO THE GREEN BELLY STINK BUG DICHELOPS MELACANTHUS (HEMIPTERA: PENTATOMIDAE) ENTOMOLOGIA Baixar
14 INCIDÊNCIA DE DALBULUS MAIDIS (HEMIPTERA: CICADELLIDAE) EM LAVOURAS DE MILHO DE SANTA CATARINA, BRASIL: EFEITO DA POSIÇÃO DA ARMADILHA NO TALHÃO E DA VEGETAÇÃO DE ENTORNO ENTOMOLOGIA Baixar
15 INFLUÊNCIA DA CROTALARIA SP. CULTIVADA EM CONSÓRCIO OU MANTIDA EM COBERTURA NA CULTURA DO MILHO (ZEA MAYS) SOBRE A FAUNA ASSOCIADA ABAIXO E ACIMA DO SOLO ENTOMOLOGIA Baixar
16 INOCULAÇÃO DE BACTÉRIAS AZOSPIRILLUM BRASILIENSIS EM MILHO E SEU EFEITO SOBRE SPODOPTERA FRUGIPERDA E SEUS INIMIGOS NATURAIS ENTOMOLOGIA Baixar
17 MANAGEMENT OF SOUTHERN CORN ROOTWORM AND LEAFHOPPERS BY TREATING SEEDS: FIELD ASSESSMENTS IN MAIZE SECOND CROP IN SOUTHERN BRAZIL ENTOMOLOGIA Baixar
18 MONITORAMENTO DE PARASITOIDES DE SPODOPTERA FRUGIPERDA (J.E. SMITH, 1797) (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) EM MILHO (ZEA MAYS), CULTIVADO EM CONSÓRCIO OU EM ROTAÇÃO COM CROTALARIA SP. ENTOMOLOGIA Baixar
19 PARASITOIDISMO DE HIMENÓPTEROS EM AFÍDEOS (HEMIPTERA: APHIDIDAE) NA CULTURA DA COUVE FOLHA ENTOMOLOGIA Baixar
20 POTENCIAL INSETICIDA DOS ÓLEOS ESSENCIAIS E HIDROLATOS DE CHENOPODIUM AMBROSIOIDES L. E MENTHA PULEGIUM L. CONTRA BREVICORYNE BRASSICAE L. ENTOMOLOGIA Baixar
21 SEED TREATMENT WITH INSECTICIDES WAS NOT EFFECTIVE ON REDUCING DALBULUS MAIDIS INCIDENCE AND FURTHER OCCURRENCE OF MAIZE RAYADO FINO AND MAIZE BUSHY STUNT DISEASES ENTOMOLOGIA Baixar
22 SOBREVIVÊNCIA DE NINFAS DE MICROTECHNITES BRACTATUS (SAY) (HEMIPTERA: MIRIDAE) EM DIFERENTES PLANTAS HOSPEDEIRAS ENTOMOLOGIA Baixar
23 SUSCETIBILIDADE DE LAGARTAS DESFOLHADORAS A INSETICIDAS UTILIZADOS NO TRATAMENTO DE SEMENTES DE SOJA ENTOMOLOGIA Baixar
24 TOXICIDADE COMPARADA DE FORMULAÇÕES COMERCIAIS À BASE DE LIMONOIDES E DE DIAMIDA ANTRANÍLICA SOBRE SPODOPTERA FRUGIPERDA (J.E. SMITH) (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) ENTOMOLOGIA Baixar
ID TÍTULO TIPO ARQUIVO
25 A MANCHA BRANCA EM MILHO REDUZ O RENDIMENTO DE GRÃOS ESTATÍSTICA/EPIDEMIOLOGIA Baixar
ID TÍTULO TIPO ARQUIVO
26 AGROTÓXICOS REGISTRADOS PARA A CULTURA DA SOJA NO PARANÁ FITOPATOLOGIA Baixar
27 ASPECTOS AGRONÔMICOS DO MILHO EM RESPOSTA À APLICAÇÃO DE FUNGICIDAS FITOPATOLOGIA Baixar
28 AVALIAÇÃO DE POTENCIAL PRODUTIVO DA LINHAGEM DE FEIJOEIRO UFSC-01 E DE RESISTÊNCIA À FUSARIUM OXYSPORUM F. SP. PHASEOLI FITOPATOLOGIA Baixar
29 AVALIAÇÃO DO CONTROLE BIOLÓGICO DE SCLEROTINIA SCLEROTIORUM (LIB.) DE BARY COM TRICHODERMA SPP. FITOPATOLOGIA Baixar
30 CONTROLE QUÍMICO DA GIBERELA NA CULTURA DO TRIGO FITOPATOLOGIA Baixar
31 CARACTERÍSTICAS AGRONÔMICAS DE GENÓTIPOS DE BANANEIRA DO SUBGRUPO PRATA FITOPATOLOGIA Baixar
32 CONTROLE DE ASPERGILLUS NIGER COM USO DE THICHODERMA SPP. FITOPATOLOGIA Baixar
33 COST-BENEFIT OF SEED TREATMENT AND FOLIAR APPLICATIONS FOR CHEMICAL MANAGEMENT OF FOLIAR DISEASES IN COMMON BEAN FITOPATOLOGIA Baixar
34 EFECTO DE LA APLICACIÓN DE NUEVAS MOLECULAS DE FUNGICIDAS EN EL CONTROL QUIMICO DE LA ROYA DE LA SOJA FITOPATOLOGIA Baixar
35 EFEITO DA ÉPOCA DE SEMEADURA NA INCIDÊNCIA E SEVERIDADE DE DOENÇAS EM FEIJOEIRO COMUM (PHASEOLUS VULGARIS). FITOPATOLOGIA Baixar
36 EFEITO DA APLICAÇÃO DE NUTRIENTES MINERAIS ASSOCIADOS À UTILIZAÇÃO DE FUNGICIDAS NO CONTROLE DE OÍDIO NA SOJA FITOPATOLOGIA Baixar
37 EFEITO DO SILICATO DE POTÁSSIO APLICADO ISOLADO E EM ASSOCIAÇÃO COM TEBUCONAZOLE NO CONTROLE DE BLUMERIA GRAMINIS F.SP. TRITICI EM TRIGO FITOPATOLOGIA Baixar
38 EFEITO DO TRATAMENTO DE SEMENTES E PROFUNDIDADE DE SEMEADURA NA EMERGÊNCIA DE SOJA E FEIJÃO FITOPATOLOGIA Baixar
39 EFICIÊNCIA DOS PRINCÍPIOS ATIVOS TRIFLOXISTROBINA E PROTIOCONAZOL NO CONTROLE MANCHAS FOLIARES EM MILHO (ZEA MAYS L.). FITOPATOLOGIA Baixar
40 ESTRATÉGIAS DE PULVERIZAÇÃO PARA O CONTROLE DA MANCHA BRANCA NO MILHO FITOPATOLOGIA Baixar
41 EXTRATO DE ALHO NA SUPRESSÃO DO DESENVOLVIMENTO DE DOENÇAS FÚNGICAS ASSOCIADAS A CULTURA DO TOMATEIRO FITOPATOLOGIA Baixar
42 FUNGICIDAS EM DIFERENTES VOLUMES DE CALDA E EFEITO SOBRE O PROGRESSO DA FERRUGEM ASIÁTICA E PRODUTIVIDADE DA SOJA FITOPATOLOGIA Baixar
43 FUNGICIDAS SÍTIO ESPECÍFICOS EM MISTURA COM FERTILIZANTES FOLIARES A BASE DE ÁCIDO PERACÉTICO PARA O CONTROLE DA SARNA DA MACIEIRA NO CICLO 2020/2021 FITOPATOLOGIA Baixar
44 MANEJO DA GIBERELA NA CULTURA DO TRIGO BASEANDO-SE EM UM SISTEMA DE PREVISÃO FITOPATOLOGIA Baixar
45 METODOLOGIA MOLECULAR PARA RÁPIDA IDENTIFICAÇÃO DE MYCOSPHAERELLA FIJIENSIS FITOPATOLOGIA Baixar
46 PRODUTIVIDADE E SANIDADE DO FEIJOEIRO COMUM (PHASEOLUS VULGARIS) SEMEADO EM ÈPOCAS NÃO RECOMENDADAS NO MUNICIPIO DE PALMAS PR. FITOPATOLOGIA Baixar
47 PREPARADOS EM ALTAS DILUIÇÕES DINAMIZADAS NO MANEJO FITOSSANITÁRIO DA BATATEIRA FITOPATOLOGIA Baixar
48 QUALIDADE FISIOLÓGICA E SANITÁRIA DE SEMENTES DE CENOURA TRATADAS COM EXTRATO DE SOLIERIA FILIFORMIS FITOPATOLOGIA Baixar
49 REAÇÃO DE CULTIVARES DE FEIJÃO (PHASEOLUS VULGARIS L.) A ANTRACNOSE FITOPATOLOGIA Baixar
50 RESISTÊNCIA DA LINHAGEM DE FEIJOEIRO COMUM TIPO PRETO UFSC-01 À ANTRACNOSE E À MURCHA-DE-FUSARIUM FITOPATOLOGIA Baixar
51 RESPOSTAS DE RENDIMENTO DO MILHO (ZEA MAYS L) ÀS APLICAÇÕES DE FUNGICIDAS. FITOPATOLOGIA Baixar
52 SÍNTESE VERDE DE NANOPARTÍCULAS DE PRATA PARA O CONTROLE DE PRATYLENCHUS BRACHYURUS EM SOJA FITOPATOLOGIA Baixar
53 TRIFLOXISTROBINA, MANCOZEB E FOSFITOS SOBRE ESTRUTURAS DE PRÉ-INFECÇÃO DE COLLETOTRICHUM SPP. FITOPATOLOGIA Baixar
54 UTILIZAÇÃO DE TRATAMENTO TÉRMICO NO CONTROLE DE ALTERNARIA PORRI EM SEMENTES DE CEBOLA FITOPATOLOGIA Baixar
ID TÍTULO TIPO ARQUIVO
55 ASSOCIAÇÃO DE HERBICIDAS NA DESSECAÇÃO E PÓS-SEMEADURA NA CULTURA DA SOJA PLANTAS DANINHAS Baixar
56 APLICAÇÃO DE SAFLUFENACIL EM PRÉ-EMERGÊNCIA DE PLANTAS DANINHAS UTILIZANDO DIFERENTES DESSECANTES NA CULTURA DA VIDEIRA PLANTAS DANINHAS Baixar
57 ASSOCIAÇÃO EM TANQUE DE GLYPHOSATE E 2,4-D APLICADOS NA CULTURA DO MILHO RR® PLANTAS DANINHAS Baixar
58 ATIVIDADE DE ENZIMAS EM LOLIUM MULTIFLORUM DIPLOIDE E TETRAPLOIDE APÓS A APLICAÇÃO DE HERBICIDAS PLANTAS DANINHAS Baixar
59 ATIVIDADES DE CAT E TBARS EM AZEVÉM DIPLOIDE E TETRAPLOIDE FRENTE À APLICAÇÃO DE DIFERENTES HERBICIDAS PLANTAS DANINHAS Baixar
60 CARRAGEENAN AS AN ELICITING ACTIVE INGREDIENT FOR THE PRIMARY AND SECONDARY METABOLISM OF SOYBEANS TREATED WITH GLYPHOSATE PLANTAS DANINHAS Baixar
61 DEPOSIÇÃO DE CALDA EM PLANTAS DE CEBOLA E CYCLOSPERMUM LEPTOPHYLLUM COM PONTAS DE PRÉ-ORIFÍCIO EM DIFERENTES PRESSÕES PLANTAS DANINHAS Baixar
62 EFICÁCIA DE HERBICIDAS APLICADOS ASSOCIADOS OU NÃO AO AMONIO-GLUFOSINATE EM MILHO “LL” PLANTAS DANINHAS Baixar
63 INTERAÇÃO COMPETITIVA E NÍVEL DE DANO ECONÔMICO DE PAPUÃ NA QUINOA PLANTAS DANINHAS Baixar
64 INTERFERÊNCIA ALELOPÁTICA DE EXTRATOS DE PLANTAS DE COBERTURA SOBRE A GERMINAÇÃO DE PLANTAS DANINHAS PLANTAS DANINHAS Baixar
65 INTERFERÊNCIA E NÍVEL DE DANO ECONÔMICO DE SOJA VOLUNTÁRIA NA CULTURA DO MILHO PLANTAS DANINHAS Baixar
66 LEVANTAMENTO DE PLANTAS DANINHAS EM POMARES DE MACIEIRA NA FASE DE BROTAÇÃO DAS PLANTAS PLANTAS DANINHAS Baixar
67 OCORRÊNCIA DE AZEVÉM (LOLIUM MULTIFLORUM LAM.) RESISTENTE AO GLIFOSATO EM POMARES DE MACIEIRA NA SERRA CATARINENSE PLANTAS DANINHAS Baixar
68 POTENCIAL DE CONTROLE DE ESPÉCIES DANINHAS TOLERANTES NA CULTURA DA SOJA COM OS HERBICIDAS 2,4-D E DICAMBA PLANTAS DANINHAS Baixar
69 QUANTAS PLANTAS DE NABO PODEM CONVIVER COM CENTEIO SEM CAUSAR PREJUÍZO? PLANTAS DANINHAS Baixar
70 SELETIVIDADE DE HERBICIDAS APLICADOS PARA O CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS EM CEVADA PLANTAS DANINHAS Baixar
71 SELETIVIDADE DE MISTURAS DE HERBICIDAS EM TANQUE À CULTURA DO MILHO PLANTAS DANINHAS Baixar
72 SELETIVIDADE DE SAFLUFENACIL ASSOCIADO OU NÃO A GLYPHOSATE EM MILHO RR PLANTAS DANINHAS Baixar
73 TOXICIDADE DE ÓLEO ESSENCIAL DE AÇAFRÃO NA GERMINAÇÃO DE NABO E AVEIA-PRETA PLANTAS DANINHAS Baixar
74 TOLERÂNCIA DE FEIJÃO A DOSES DE HERBICIDAS APLICADOS EM PRÉ-EMERGÊNCIA EM DIFERENTES TIPOS DE SOLOS PLANTAS DANINHAS Baixar
75 USO DE ESPÉCIES DE COBERTURA DE INVERNO NA SUPRESSÃO DE PLANTAS DANINHAS E NA PRODUTIVIDADE DE FEIJÃO-PRETO PLANTAS DANINHAS Baixar
ID TÍTULO TIPO ARQUIVO
76 AVALIAÇÃO DA PULVERIZAÇÃO ELETROSTÁTICA PARA O CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS NA DESSECAÇÃO PRÉ-PLANTIO DE FLORESTA DE PINUS TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO Baixar
77 AÇÃO DE ADJUVANTES EM HERBICIDAS NO CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS NA CULTURA DA SOJA SUBMETIDA A SIMULAÇÃO DE CHUVA APÓS DIFERENTES HORÁRIOS DE APLICAÇÃO TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO Baixar
78 DEPOSIÇÃO E EFICIÊNCIA DE CONTROLE PLANTAS DANINHAS DE FORMULAÇÕES DE GLYPHOSATE + FERTIADITIVO APLICADAS COM E SEM ORVALHO TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO Baixar
79 EFICIÊNCIA E DA MISTURA EM TANQUE DE HERBICIDA GLYPHOSATE COM FERTILIZANTES FOLIARES APLICADOS NA CULTURA DA SOJA TECNOLOGIA DE APLICAÇÃO Baixar
Edições Anteriores
Contato

Rodovia SC 157, SN - Linha Monte Alegre, Chapecó - SC, CEP: 89.880-000.

(49) 2049 7563

-

leandroribeiro@epagri.sc.gov.br